quinta-feira, 23 de Setembro de 2010

Pão de aveia # dieta (2.ª parte)

Como já aqui falei o Tomé está de regime. E quando digo regime refiro-me a pesar a alimentação, "obrigá-lo" a caminhadas diárias, ...Mas como se costuma dizer que sem sacrifícios não atingimos os nossos objectivos.
A última pesagem foi a 9/Setembro e pesava 7,450 kg. Talvez precise de nos inscrever no "The Biggest Looser - Para gatos e seus donos".

Ingredientes
1 copo de leite morno
1/2 copo de água
1 c. chá sal
1 c. sopa de manteiga
3 copos de farinha
1 copo de flocos de aveia
1 pacote de fermento


Na MFP coloque os ingredientes pela ordem apresentada e seleccione o programa pão normal, tamanho 1, cor clara.
Pode também (como foi o meu caso) utilizar a máquina no programa amassar e depois transferir a massa bem enfarinhada para uma forma de bolo inglês, deixar levedar por mais 20 minutos e levar ao forno a 180.º por 30 minutos.
Utilizar a gosto (com manteiga, doce, ... mas atenção à "dieta").

segunda-feira, 30 de Agosto de 2010

dourada no forno com pimentos e uma dieta em curso

O meu gato, Tomé, está a debater-se contra o excesso de peso (e não é o único lá de casa...).
Em Julho foi ao Vet. e verificou-se que tem tártaro acumulado nos dentes. Explicou-nos que o tártaro é um veículo à entrada de bactérias e germes perigosos à sua saúde e como tal tem que fazer uma limpeza à "dentadura".
Para quem não sabe (eu não sabia) a limpeza deve ser realizada com anestesia geral (não vá o bicho levantar-se...ihihih), sendo que o excesso de pesso é extremamente arriscado associado ao excesso de peso...
Então desde o dia 14/Julho que o coitado está de dieta... devendo perder 2 kg (de gato está claro...)

Vamos então aos resultados:
14/7 - 8 kg
31/7 - 7,7 kg
21/8 - 7,6 kg

Tens um longo caminho a percorrer... mais vais conseguir Tomé.


Dourada no forno com pimentos

Douradas
1 copo de vinho branco
3 dentes de alho
1 c. café colorau
sal
1 cebola
Batatas às rodelas
1 tomate
2 pimentos (1 verde e 1 vermelho)
azeite

Faça uma marinada com o vinho, alho, sal colorau e um fio de azeite. Coloque o peixe e deixe descansar por 1 hora.
Numa travessa coloque a cebola laminadas. Por cima espalhe as batatas (envolvidas em sal), metade do tomate e dos pimentos. Acondicione o peixe e cubra-o com a marinada e o restante tomate e pimentos. Regue generosamente com azeite e leve ao forno a 170.º aproximadamente 1h15. Vá vigiando para que o peixe e as batatas assem uniformemente.

quinta-feira, 26 de Agosto de 2010

tarte de feijão

Decididamente são uma pessoa que gosta mais de doces que salgados. Aliás o meu físico denuncia logo...
Saiu mais um doce desta cozinha só porque a abundância de ovos por estas paragens me "obrigou" a tal (eu juro que fui obrigada...).
A falta de imaginação levou-me a procurar mais uma receita nesta grandiosa comunidade que é a blogosfera.
Ingredientes:

1 massa folhada de compra
1 lata pequena de feijão branco cozido

2 ovos inteiros
4 gemas
50 g côco ralado
200g açúcar
Raspa 1 limão (já só tinha limões "descascados" e adicionei 1 c. sopa de sumo)

Colocar a massa numa tarteira e picar com um garfo.
Reduzir o feijão a puré. Adicionar os restantes ingredientes e envolver muito bem.
Verter o preparado na tarteira e levar ao forno, pré-aquecido, a 180° durante aproximadamente 30 minutos.

segunda-feira, 23 de Agosto de 2010

Doce de abóbora "irresistível"

Eu disse que regressava e cumpri.
E não podia trazer coisa mais doce e irresistível. Eu digo irresistível porque a princesa lá de casa não descansou enquanto não lhe pôs a "vista" e o "dedo" em cima. Coisas de criança que até nós gostamos de fazer, talvez não utilizemos o dedo porque parece mal, mas são colheradas atrás de colheradas...
A receita não é minha mas tinha uma abóbora a amadurecer no meu sótão há um mês que precisava de ter um final feliz. A receita original pode ser encontrada aqui. É deliciosa.



1 abóbora porqueira (depois de descascada pesava 3 kg)
Metade do peso da abóbora descascada de açúcar amarelo (usei mascavado)
2 paus de canela
Casca de 2 limões médios (usei 1 limão e 1 clementina)
Azeite (não usei)
Sal (não usei)

Descasca-se e corta-se a abóbora em cubos pedaços e regulares.
Coloca-se numa panela a abóbora e o açúcar em camadas alternadas. Adiciona-se os dois paus de canela e as cascas dos citrinos. Vai ao lume e deixa-se ferver, mexendo de vez em quando.

Quando a abóbora estiver bem cozida, retirar os paus de canela e as cascas e triturar a abóbora. Deixar o doce apurar até ao ponto desejado, mexendo sempre.


quarta-feira, 18 de Agosto de 2010

De volta

Estou de volta, só não sei por quanto tempo.
A minha vida tem dado umas quantas voltas... todas elas a nível profissional, está claro. Não estivessemos em plena crise económica.
Hoje não venho postar nenhuma receita, apenas dar "sinal de vida" e revelar as verdades/mentiras do último desafio a que respondi.
Então as mentiras são:

- Tenho 33 anos (tenho 32 mas por pouco tempo)
- Tirei a carta de condução há um mês (já quase há 12 anos)
- Já tenho muitos cabelos brancos (para já ainda não há vestígios)

Por agora fico por aqui... e prometo regressar em breve.

Beijinhos e até já

quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009

Desafio Même - 6 verdades 3 mentiras

Não sou muito de responder a desafios. Não por falta de vontade mas por falta de tempo.
No entanto a Sandra do blog Deliciosos Sabores lançou-me um desafio que achei super divertido, já que é também uma forma que ver até que ponto afinal nos conhecemos neste mundo dos blogs.
O desafio consiste no seguinte:

Você diz 9 coisas aleatórias a seu respeito, não importando a relevância. Tendo de ter 6 verdade e 3 mentiras.
Quem receber o même deverá postar as 3 mentiras do blogueiro que lhe passou o même (neste caso devo indicar quais as mentiras da Sandra...)
O blogueiro pode ou não revelar quais as mentiras.

Sobre mim:

• Tenho 33 anos
• Sou casada com um marinheiro
• Tenho o vício de roer as unhas
• Tirei a carta de condução há um mês
• Tenho uma filha chamada Margarida com 5 anos
• O nome do meu pai é Criolano
• No meu actual local de trabalho sou a única mulher
• Tenho pés grandes, calço 40/41
• Já tenho muitos cabelos brancos

Mentiras da Sandra:

• “Sou loura” (só se for pintado hehehe)
• “Adoro insectos” (ninguém gosta desses bichos...)
• “Tenho uma irmã gémea” (até pode ser mas não me convences...)

Como já quase toda a comunidade blogueira foi desafiada não vou passar o desafio a ninguém… no entanto se quiserem tentar adivinhar as minhas mentiras estejam à vontade.
Prometo revelá-las mais tarde.

domingo, 15 de Fevereiro de 2009

Caracóis doces


Mais uma receita que pode ter como auxiliar a MFP.
Leva algum tempo a confeccionar mas o resultado final é recompensador.
São muito fofinhos e "gulosos".

Ingredientes:
2,5 dl leite
2 ovos (ligeiramente batidos)
125 gr. açúcar
1 pitada de sal
125 gr manteiga amolecida com 1 c. sopa de mel
Aroma de baunilha
650 gr. farinha de trigo (mais um pouco para trabalhar a massa)
100 gr. farinha de milho
1 pacote de fermento seco (se usar da marca Vahiné aconselho a usar 2 pacotes)
Manteiga, açúcar e canela q.b. para o recheio

Coloque os ingredientes na cuba da MFP pela ordem acima descrita.
Programe o ciclo massa e inicie o funcionamento da máquina.
Unte uma (ou duas) forma redonda ou um tabuleiro com manteiga e forre com papel vegetal também untado.
Quando o programa terminar retire a massa para uma superfície enfarinhada (eu dividi a massa em dois porque achei não caberia tudo numa forma, se quiser pode utilizar um tabuleiro) e trabalhe a massa por uns segundos.
Estenda a massa formando um rectângulo.
Pincele com manteiga amolecida e polvilhe com açúcar e canela na quantidade a gosto.
Enrole a massa (enrolei o lado mais pequeno por fiz em duas formas) até formar um cilindro. Corte fatias de 2 dedos de largura e espalme ligeiramente.
Disponha a fatias na forma deixando um intervalo entre cada fatia.
Cubra com um pano e deixe levedar novamente (coloquei no forno a 50.º por 30 minutos).
Pincele com leite morno e leve ao forno a 170.º por 35 minutos.

Sugestão: ao fim de 2 dias podem ser aquecidos no micro-ondas por uns segundos.

Adaptado do coleccionável Arte de bem cozinhar - Biscoitos e Pães